X

Acesso mobile: Sua loja virtual esta preparada para os usuários de smartphones?

Published on: fev 03 2015 by Daniel Assad

Decidi fazer este post para mostrar com números a importância que é ter uma loja virtual responsiva, isto é, acessível por qualquer dispositivo. Seja ele um smartphone, tablet, computador, notebook ou até mesmo uma smart TV.

 

Crescimento da navegação mobile

Quando falamos deste tema (crescimento mobile) não estamos mais falando do futuro. A navegação mobile já superou a navegação via desktop em diversos sites na internet. É o seu caso? Esta informação você consegue analisando seus números no Google Analytics. O quadro abaixo foi gerado com base nos dados de acesso de alguns dos meus clientes:

 

Smartphones / Tablets PCs
Moda (Feminina #1) 40,68% 59,13%
Automóveis 22,39% 77,34%
Alimentação (comida) 50,6% 49,11%
Moda (Feminina #2) 64,14% 35,83%

 

Nos dois primeiros sites Moda #1 e Automóveis a navegação desktop ainda é maior, mas não podemos ignorar a fatia de usuários que acessam esses sites via smartphones (40 e 22%). Não ter uma versão confortável para usuários mobile pode fazer você perder clientes e vendas.

O meu objetivo com este tópico não é apresentar números de pesquisas de todo o universo mobile. Se você chegou até aqui, certamente já sabe, sem precisar ver números completos, da importância de ter uma versão mobile.

 

Primeiro encontro

Falamos rapidamente do crescimento da navegação mobile e agora vamos falar de outro ponto importante (e relacionado a este crescimento): o tempo de navegação. Outro crescimento observado é o tempo de navegação através de um dispositivo mobile. Não é de se espantar imaginar que um usuário gasta cada vez mais tempo navegando no celular (seja no navegador, aplicativos, entre outros) do que no computador, isto se deve ao fato de ter o celular sempre a mão, a melhoria da conexão 3G/4G, mais pontos de wi-fi disponíveis e até mesmo o trânsito nas grandes cidades e diversos outros fatores.

A tendência natural de um usuário em busca de novidades é correr para o Google. Não é assim que você faz?
Recentemente esta empresa deu um “selo” para os sites com versões mobile, priorizando estes nas suas buscas feitas através de celulares e informando com o texto “para mobile” antes da descrição.

Logo, será cada vez mais comum usuários chegarem até você através do celular e não mais do desktop. Isto é, levando em consideração ter um site mobile deixará você melhor posicionado nas buscas. Para concluir, ter uma versão mobile também é uma estratégia de marketing para conseguir novos clientes.

 

O desktop morreu?

Não. A conversão das vendas usando um smartphone ou um tablet ainda é menor, na média geral, do que as conversões dos desktops, sendo este último o dobro ou mais:

“De acordo com dados da SeeWhy – empresa especializada em usabilidade e conversão para comércio eletrônico, a taxa de conversão média de compras nestes dispositivos nos Estados Unidos cresceu de 0,8% para 1%, em 2014. Entretanto, esse número chega a 2,7% para vendas em desktops e 2,1% em tablets. É nas compras por celulares que também ocorre a maior taxa de abandono: 94%; seguida por 81% em tablets e 76% em desktops.”

 

Por motivos de “segurança” ou sensação dela, navegação mobile prejudicada ou inexistente, a tendência ainda é o usuário descobrir sua página através do mobile, porém, fechar uma compra mais tarde, através de um computador. Mas o usuário ter achado e gostado do seu produto no mobile não garante o retorno deste mais tarde.

 

E agora, o que fazer?

A versão mobile do seu e-commerce deve oferecer uma navegação confortável e um código otimizado para trazer rapidez e leveza para os navegadores dos smartphones. Desta forma, estes usuários poderão encontrar e visualizar seus produtos mais facilmente e, é claro, finalizar uma compra.

Uma dica para os administradores de lojas virtuais é navegar em seu próprio site usando o smartphone, finalizar uma compra e localizar possíveis pedaços que a navegação possa ter dificuldade em fluir, isto é, haver desistência do usuário. Criar mecanismos de alertas e coleta de informações dos usuários mobile para serem lembrados mais tarde da sua compra também ajuda no retorno desses para sua loja.

 

SAC Mobile

A navegação via celular não é tão simples como parece para todo mundo, por isso, por mais que seu site tenha uma boa versão mobile haverão usuários com problemas na hora de finalizar uma compra. Além da limitação tecnológica de alguns usuários, outros problemas como conexão de dados das operadoras fora do ar ou lento, aparelhos antigos e desatualizados podem comprometer algumas de suas vendas.

O SAC dos comércios eletrônicos devem acompanhar as novidades da estação. Não somente o marketing é preciso estar presente nas redes mobile mas sua equipe de suporte deve estar pronta para atender o seu cliente aonde ele estiver. Por exemplo, se estou no celular e estou habituado a trocar mensagens via WhatsApp – e este é o aplicativo de mensagem do momento – por que não abrir um canal de atendimento nesta plataforma? Para alguns (ou muitos) usuários abrir o e-mail é uma tarefa cansativa e pouco prática (se comparada a troca de mensagens). Estudar quais canais mobile sua equipe terá condições de atender é primordial para um bom serviço.

 

Filed under: Blog e Dicas, Comércio Eletrônico, Mobile

Deixe um comentário

*

*