X

Guia definitivo para acabar com os spams no Google Analytics

Published on: mai 13 2015 by Daniel Assad

E um dia você abriu seu Google Analytics e estava lotado de visitantes. Você ficou feliz? Sim! Mas logo em seguida descobriu que esses visitantes estão vindo de centenas de sites (referências) que você desconhece. São os spams do Google Analytics! Exemplos:

www1.social-buttons.com
free-share-buttons.com
site3.free-share-buttons.com
best-seo-offer.com
buttons-for-your-website.com
buttons-for-website.com
buy-cheap-online.info

OBS: Nunca cole ou digite os URLS de spam na sua barra de endereço do navegador pois estes sites podem infectar sua máquina. Caso tenha dúvida sobre a origem do URL, cole na barra de pesquisa do Google e leie nos blogs e sites especializados algo referente ao link.

 

ga-spam-1

 

Calma. Seu site não foi invadido! Esses urls (links) são spams no Google Analytics. Oficialmente o Google não tem uma forma definitiva de combater esta prática. Para minimizar os problemas causados por estes spams – que deixa seus relatórios incorretos, já que não são visitantes de verdade – existem algumas configurações usando os Filtros do próprio Google Analytics.

 

Faça um “backup” completo dos seus dados

O primeiro passo é fazer um backup ou uma “visualização” que você não irá aplicar nenhum filtro. Desta forma, você terá como comparar se suas configurações estão ok e fazer possíveis alterações. Não deixe de fazer os próximos passos antes de continuar lendo / executando as informações.

 

  1. Faça o login no Google Analytics e clique em Administrador.
  2. Escolha uma Conta e uma Propriedade.
  3. Em visualizar, clique em Criar nova visualização. Como mostra a imagem abaixo:

 

ga-spam-2

 

Na tela de criação digite o nome da sua nova visualização, exemplo: “Com filtro”. Selecione o fuso horário (Brasil e São Paulo – ou outra cidade com o mesmo horário da sua). Aperte criar vista da propriedade.

Pronto. Agora você tem uma visualização com todos os dados de acesso (original) e uma nova que vamos incluir os filtros.

 

Atenção: Quando você cria uma nova visualização, ela não exporta o histórico de acesso da visualização principal. Isto é, você terá uma nova visualização sem dados. Porém, sua antiga visualização manterá o histórico e continuará recebendo novos dados. Ou seja, a partir da data de criação as duas visualizações vão funcionar paralelamente.

 

Existem “dois grupos” de spams comuns no Google Analytics. O primeiro grupo é chamado de acesso fantasma, pois apesar de aparecer no seu relatório como uma visita, ele sequer acessou o servidor (host) do seu site. O segundo grupo ele faz este acesso, como se fosse um bot (robô) que navega pelas páginas da internet.

 

Bloqueando acessos estranhos via Host

Vamos descobrir quais hosts (servidores) gostaríamos de monitorar, ignorando os outros hosts que aparecem na lista. Na mensagem anterior falamos que esses spam não acessam o seu host, para isto, eles simulam outros hosts com a sua ID do GA (Google Analytics).

  1. Abra seu GA, e clique em relatórios (da sua visualização antiga, com dados).
  2. Clique no menu lateral Público-Alvo > Tecnologia > Rede
  3. Agora, no meio da página, clique em Nome do Host. Como na imagem abaixo:

 

ga-spam-3

 

 

Configure seu GA para exibir um grande período de relatório, como por exemplo, dois anos. Faça isto usando o calendário que fica no lado direito superior da página do GA. Aguarde a listagem ser carregada.

Provavelmente os primeiros hosts, com mais acesso, é o URL do seu site. Em alguns casos, você poderá monitorar mais de um host, como é o caso de subdomínios. Eu poderia ter, por exemplo: blog.danielmhd.com.br, loja.danielmhd.com.br, entre outros. Alguns serviços que você dá permissão de acesso à sua ID do Google Analytics podem aparecer ai também como: youtube.com, paypal.com e alguns serviços do google como googleusercontent.com.

 

Faça uma lista dos Hosts importantes para você. Alguns spams simulam hosts de sites famosos para te enganar, como por exemplo, você poderá encontrar firefox.com, apple.com, google.com. etc.

Com a lista pronta (dos hosts que você monitorará). Faça os passos:

  1. Clique em Administrador (menu superior)
  2. Em Visualizar, mude para a visualização criada recentemente para inserir filtros.
  3. Clique no menu Filtros. Como na imagem abaixo:

 

ga-spam-4

 

Na nova página clique no botão vermelho + Novo Filtro. Na nova página, configure:

1. Nome do Filtro: Spam Host
2. Tipo de Filtro: Personalizado
3. Incluir
4. Campo de filtro: Nome do Host
5. Padrão de filtro: Digite os hosts que você listou, no seguinte formato:

danielmhd\.com\.br

Quando mais de um use a barra ( | ):

danielmhd\.com\.br|blog\.danielmhd\.com\.br|translate\.googleusercontent\.com

Nunca termine o campo com a barra ( | )

Você também pode incluir diversos subdomínios de uma só vez:

([a-z0-9-]+\.)?danielmhd\.com\.br

Para finalizar aperte Salvar. Veja a imagem abaixo:

 

ga-spam-5

 

E as referências (spam) que acessam o host?

Por último, vamos eliminar as referências “que não são fantasmas”, ou seja, acessam seu host. São links como semalt.com e buttons-for-website.com.

Esta lista de links podem aumentar com o tempo, por isso, este trabalho é mais cansativo, pois sempre que notar um novo link, você deverá incluir no filtro que vamos criar a seguir.

 

Acesse novamente o Administrador > Visualização (a nova) > Filtros:

 

ga-spam-4

 

Clique no botão vermelho + Novo Filtro. Configure:

1. Nome do Filtro: Spam Referiencias
2. Tipo de Filtro: Personalizado
3. Excluir
4. Campo de Filtro: Origem da campanha
5. Padrão de Filtro: Hoje, meu campo está assim:

depositfiles-porn\.ga|youporn-forum\.ga|pornhub-forum\.ga|generalporn\.org|rapidgator-porn\.ga|meendo-free-traffic\.ga|amanda-porn\.ga|torture\.ml|pornhub-forum\.uni\.me|youporn-forum\.uni\.me|([a-z0-9-]+\.)?free-share-buttons\.com

Aperte Salvar. Veja o resumo na imagem abaixo:

 

ga-spam-6

 

Adicionalmente, o Google já identificou alguns bots e já faz automaticamente a remoção deles. Para isto, você deve habilitar esta função. Veja abaixo.

 

Habilitar Filtragem de bots

No Administrador > Visualização > Visualizar configurações, habilite a função “Excluir todos os hits de bots e indexadores conhecidos”. Veja a imagem a seguir:

 

ga-spam-7

 

Essas são as três práticas mais recomendadas para “limpar” seus relatórios. Espero que tenham gostado e usado em suas contas do Google Analytics!

Filed under: Blog e Dicas, Google Analytics

Deixe um comentário

*

*