X

Porque eu escolhi o Opencart

Published on: fev 12 2015 by Daniel Assad

Uma das dúvidas mais comum entre os futuros lojistas virtuais é em relação a escolha da plataforma. Muitos provavelmente já escutaram ou conhecem alguém que usa o Magento, já ouviram falar bem, já ouviram falar mal. Ainda indecisos, fizeram pesquisas na internet e começaram a encontrar outras opções e uma delas é o Opencart.

Navegando um pouco mais… descobriram uma rixa existente entre o Magento, líder do segmento livre, com o Opencart. E aí, qual é o melhor?

Pergunte a um morador de São Paulo qual cidade ele prefere, Rio ou São Paulo? E refaça seu teste ao contrário. Pergunte a um Carioca… Acontece o mesmo com os formadores de opiniões sobre as plataformas. Se você perguntar a um desenvolvedor Magento é quase certo, como um Paulista, ele defender a sua plataforma, por diversas razões. Mas, na minha opinião, a principal razão é ele dominar aquela plataforma, o que torna mais simples para ele criar novas lojas.

Tecnologicamente falando, as duas plataformas irão atender a sua necessidade. Você não vai vender mais ou menos por estar usando uma ou outra plataforma. As duas estão há muitos anos no mercado e tem uma comunidade enorme de colaboradores. O que vai influenciar de verdade são os outros elementos da sua loja virtual como o visual, a versão mobile, as informações e fotos do produto, formas de pagamento, transparência na política de troca, etc.

 

Ahh.. mas eu li por aí que o Magento é muito pesado!

Se você NÃO tiver centenas ou milhares de usuários entrando no seu site diariamente, o peso do Magento (ou do Opencart) não deve influenciar tanto quanto falam por aí. Pelo contrário, se estiver achando sua loja com poucas visitas lenta eu sugiro observar dois pontos: O tema (isto inclui o peso das imagens e banners e a quantidade de CSS, JS, etc) e a sua empresa de hospedagem.

E para você que já tem muitos clientes navegando em sua loja, independente da plataforma escolhida, você precisará de uma hospedagem mais pontente e realizar modificações no seu servidor para criar cache, otimizar imagens, etc.

 

E também li que o Opencart não irá atender minhas necessidades…

O Opencart é mais criterioso na utilização de recursos, o que para alguns o deixa mais leve. Já o Magento vem nativamente no sistema com diversos recursos que você pode ou não usar. Mas as funções básicas do e-commerce ambos terão. Mais uma vez, as duas plataformas vão atender suas necessidades. Dependendo do nível de requisição, você precisará comprar extensões (plugins) para ampliar os recursos da sua loja virtual. Neste ponto, as duas tem uma ampla galeria de novos recursos. Particularmente, acho que os valores cobrados nas extensões do Opencart são mais baratos.

 

Tanto faz?

Como desenvolvedor, eu faço da melhor maneira possível o que o cliente quer. Se ele por conta própria já definiu a plataforma, ok! Vamos nela… Como consultor tenho preferência por indicar o Opencart para a maioria dos clientes.

Mas não vou entrar nos detalhes técnicos e vou direto ao ponto que eu acho mais importante para escolha da plataforma: você. Isto mesmo, o motivo pelo qual indico o Opencart é o meu cliente, responsável por operar a sua loja virtual: receber pedidos e dar um mínimo possível de suporte técnico aos seus compradores.

Quando entrei pela primeira vez no painel administrativo do Opencart foi uma felicidade enorme (eu migrei do Virtuemart rs!). É um painel simples, com muitas opções mas otimizado. Percebo na reação dos meus clientes quando dou um treinamento para operar com a ferramenta a facilidade do uso.

Não abri mão da melhor tecnologia pela facilidade de uso. Caso fosse, certamente, indicaria aos meus clientes o Woocommerce (componente do WordPress), por se tratar de uma plataforma completamente acessível ao mercado. Foi uma decisão equilibrada entre recursos e painel, autonomia para o operador, custos e manutenção.

Filed under: Blog e Dicas, Comércio Eletrônico, Opencart

Deixe um comentário

*

*